O Ministro Maliano dos Negócios Estrangeiros, Tieman Hubert Coulibaly, visita IAO

phoca thumb l TimanHubertCoulibaly30A capacidade dos agentes de integração regional na África Ocidental tem de ser reforçada, de modo a ser capaz de enfrentar diversos desafios que a região está enfrentando. Neste contexto, o Instituto da África Ocidental (IAO) como um novo centro de pesquisa e inovação pode fazer a diferença. Este argumento foi realçado pelo Ministro Maliano dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Internacional, Senhor Tieman Hubert Coulibaly, durante uma visita a IAO, no dia 22 de Março de 2013. Ele estava acompanhado pelo Senhor El Hadj Moulaye Aly Kalil Ascofaré, Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República do Mali para o Senegal, Cabo Verde, Gâmbia e Guiné Bisau.

Em nome do Secretariado Executivo do IAO, a Professora, Djeneba Traoré, diretora-geral do IAO, dirigiu palavras de boas-vindas à delegação do Mali. Por sua vez o Gerente do Programa, Professor Wautabouna Ouattara, apresentou os principais resultados e as atuais atividades do instituto.

Na discussão a seguir, o Sr. Coulibaly realçou que a região continua a sofrer muitos obstáculos à integração: o conflito endêmico, a governação, a militarização do conflito, a fraca integração das economias e criminalidade transfronteiriça, etc. No que diz respeito a estes aspetos, é necessário um profundo conhecimento, a fim de desenvolver soluções viáveis. Ele mencionou que, em geral, a educação é a chave para o desenvolvimento sustentável em nível regional.

O ministro Maliano dos Negócios Estrangeiros encorajou o IAO para continuar a sua investigação  e trabalhar em conjunto com outras organizações de investigação  de forma a reunir uma experiencia comum e encontrar sinergias contra o fundo de capacidades limitadas.

Copyright © 2012 WAI - West Africa Institute. All Rights Reserved - Designed and developed by: NOSi.